WEB 2.0

by

Ã!? Bom como falamos no primeiro texto a WEB começou como uma forma de compartilhar informações, no entanto não havia interatividade explícita pela rede. Então uns malucos resolver que poderiam vender coisas pela internet, e deu certo, bom, não para os investidores loucos que acreditaram nesse mercado no início. E depois de toda essa zona, a internet se transformou em universo de relações. Sites de relacionamento e redes sociais viraram a nova moda do universo WEB. E como diria Cris Anderson no livro A Cauda Longa, as formigas estão com megafone. Mas afinal o que quer dizer WEB 2.0, esse nome faz alusão as versões de softwares, contudo pode-se ser 2.0 com a tecnologia 1.0 e vice versa. A ideia de 2.0 tem mais a ver com o comportamento. A expressão “formigas com megafones” do livro de Anderson, refere-se a força que as pessoas, usuários, tem no universo virtual. Tão importante quanto ter um site bem planejado, é te-lo com possibilidade de participação e interatividade. Poder criticar, elogiar, participar e receber respostas torna a internet em mundo onde todos somos autores e audiência, podemos criar conteúdos que interessam a nichos específicos. Uma prova do crescimento dessa ideia é elevado aumento de BLOGs, em 2005 eram 8 milhões, três anos depois esse número subiu para 133 milhões de BLOGs.

Colaborção é a chave! A reação em cadeia dentro dos nichos faz a viralização de conteúdo. Um amigo passa pra outro, que passa pra outro, que passa…. Esses usuários, ou participantes agregam valor e produzido é um efeito colateral. Sem querer esses “críticos” produzem conhecimento, na pior das hipóteses conhecimento sobre seus gostos, seus pensamentos, suas opiniões; Para esse conceito a velocidade da informação é mais importante do que a qualidade. Gerar cada vez mais conteúdo com relevância. Os internautas sabem, os que não sabem perguntam ou pesquisam com quem sabem, se informam em fóruns ou por ferramentas como o Twitter. Eles participam daquilo que gostam, um exemplo é o Wikipédia, qualquer pessoa pode falar de qualquer assunto, porém há um grupo de moderadores que controlam essas informações. As redes sociais, também servem como exemplo.

Então como pensar na WEB 2.0? Primeiramente estar preparado para receber críticas e resolver todas elas, estar aberto a pluralidade de opiniões. Não subestimar a audiência, como vimos, o internauta que não sabe pergunta para o que sabe ou pesquisa; Estar ligado há tudo que está acontencendo, a inernet é extremamente rápida; E não ter medo de ousar. Um exemplo é a campanha de Barak Obama que teve uma grande repercursão nas mídias sociais, e a equipe estava prontamente atendendo e respondendo a tudo.

Para ingressar nesse universo 2.0 é preciso estar preparado, para aceitar e entender as críticas e os elogios dos internautas, seguidores e clientes. Responder no mesmo universo e mostrar fazer parte desse universo.

Anúncios

Uma resposta to “WEB 2.0”

  1. Thiago Mendes Says:

    Lido!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: